Com tantas tentações, fica difícil não escorregar na alimentação. Na teoria, bastaria você seguir as orientações do que ingerir de cada grupo de alimentos, as quantidades e pronto. Estaria sempre com o corpinho dos sonhos. Mas a realidade é bem mais complicada.

Alguns alimentos travam seu emagrecimento, enquanto outros podem ser aliados na perda de peso. Conhecendo os benefícios de cada tipo de comida, fica mais fácil saber o que é o que e como usar essas informações para perder peso.

Mude postura para seu emagrecimento

Não existe milagre: mudar a alimentação é a base para quem deseja emagrecer. Invista na salada de entrada ou comece por um prato de sopa, pois isso vai controlando a sua fome. E faça lanches entre as refeições, já que ficar com muita fome faz você comer mais do que precisa.

Beba água antes das refeições, não durante. Antes, ela ajuda a controlar a ansiedade para comer, mas durante prejudica a digestão. E coma ovos. Eles têm, em média, 70 calorias e são excelente fonte de proteínas, vitamina D, ferro e ômega 3, ajudando no emagrecimento.

– Fuja dos industrializados

Quando você escuta as pessoas dizerem que quanto mais natural um alimento, melhorpode acreditar. Mesmo os industrializados “saudáveis” estão muito distantes dos produtos in natura.

Para serem embalados e terem o prazo de validade aumentado, os produtos recebem conservantes, corantes e outros produtos químicos. Muitos ainda levam doses generosas de sódio e açúcar, que são inimigos da dieta. Invista um tempo para preparar as refeições e lanches em casa.

– Tenha consciência do que come

A ideia não é transformar você em um fanático contador de calorias, mas sempre é bom ter ideia do quanto se come. Planeje as refeições com antecedência e dedique tempo suficiente para comer sem pressa, dando atenção ao que está fazendo.

Quando você come olhando TV, no computador ou fazendo outra atividade, tende a comer muito mais sem nem perceber. Com atenção, se você sabe que exagerou em uma refeição, pode compensar comendo menos ou optando por um alimento menos calórico na próxima refeição. O processo de emagrecimento precisa de ponderação!

Capriche nos temperos que ajudam o emagrecimento

A comida sempre deve ser saborosa. Invista nos temperos naturais para dar gosto, como alho, alecrim, sálvia, salsinha, cebolinha e manjericão, entre outros. Você encontra estes temperos também nas versões desidratadas, o que pode ficar mais prático.

Ao invés de usar azeite, manteiga e sal para temperar a salada, experimente usar o suco de um limão: fica saboroso e muito mais saudável. Temperos prontos, caldos e molhos possuem muito sódio, que podem causar retenção de líquido e bloquear o seu emagrecimento.

Gaste calorias

Seguindo a lógica matemática, se você gasta mais calorias do que ingere, vai emagrecer. Todas as atividades provem gasto energético – algumas bem mais do que outras. Uma aula de zumba, por exemplo, promete gastar até mil calorias em uma hora de aula.

Se não tem condicionamento físico, tempo ou não curte encarar uma aula dessas, opte por algo que se encaixe na sua rotina e no seu estilo. Caminhada, corrida, dançar, subir de escada ao invés de usar o elevador… Vale tudo, só não vale ficar parado!

O exercício, além de promover a queima de calorias, mantém seu metabolismo acelerado. E metabolismo acelerado é um passo à frente no emagrecimento.

Da Redação LSPT